Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

Comissão Europeia lança edição de 2017 do Prémio da União Europeia para Mulheres Inovadoras

terça-feira , 13 Setembro 2016

Está aberto o concurso para o Prémio da União Europeia para Mulheres Inovadoras de 2017, que reconhece as mulheres empreendedoras que de forma bem-sucedida trouxeram inovações para o mercado. Recordamos que no ano passado, a portuguesa Susana Sargento, cofundadora da empresa Veniam em Portugal, venceu o primeiro prémio deste concurso que entra agora na sua quarta edição.

Este ano também está aberta a mulheres de qualquer nacionalidade que vivam num país europeu*, que tenham fundado ou cofundado uma empresa com um volume de negócios igual ou superior a 100 000 euros. Para evidenciar a nova geração, a edição de 2017 irá também apresentar a categoria de Inovadora Emergente para empreendedoras com idade inferior a 35 anos.

Carlos Moedas, o Comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação, disse: «O Prémio da UE para Mulheres Inovadoras destaca apenas algumas das muitas mulheres que contribuíram para a economia europeia do conhecimento. As vencedoras anteriores alcançaram proezas consideráveis em áreas tão diversas como a imunologia, as telecomunicações e o desenvolvimento de software. Esperamos que estes prémios possibilitem às vencedoras continuar o respetivo percurso de inovação e encorajem outras mulheres a seguir os passos destas empreendedoras extraordinárias.»

No total, existem quatro prémios:

  • 1º prémio - 100 000 euros
  • 2º prémio - 50 000 euros
  • 3º prémio - 30 000 euros
  • Prémio de Inovadora Emergente - 20 000 euros

Um júri de alto nível irá avaliar e selecionar as quatro vencedoras, que serão anunciadas numa data perto do Dia Internacional da Mulher que se assinala a 8 de março de 2017. Para participar, as candidaturas devem ser efetuadas através do sítio web do concurso antes da data de encerramento, a 3 de novembro de 2016.

País europeu*: neste caso, inclui qualquer Estado-Membro da UE e países associados ao Horizonte 2020, o Programa da UE para a Investigação e Inovação (2014-2020).

Contexto:

As mulheres representam apenas 30% de todos os empreendedores na Europa. Com este prémio, financiado através do Programa de Investigação e Inovação da União Europeia, o Horizonte 2020 (2014-2020), a UE procura mostrar os feitos notáveis de mulheres que ultrapassaram barreiras para se tornarem empreendedoras, tais como o acesso ao financiamento e a redes de contactos, e chamar a atenção para a necessidade de aumentar a participação feminina neste domínio.

Mais de 260 mulheres participaram neste concurso que se iniciou em 2011. As vencedoras dos prémios de 2016 foram Susana Sargento (Portugal), que transformou automóveis em hotspots de wifi, Sirpa Jalkanen (Finlândia), de quem partiram inovações que permitiram o desenvolvimento de novos compósitos fármacos contra o cancro da mama e da próstata, e Sarah Bourke (Irlanda), pela sua tecnologia espacial pioneira que é usada pela Estação Espacial Internacional, NASA.

Para mais informações:

Assista ao vídeo do Comissário Moedas

Sítio Web do Prémio da UE para Mulheres Inovadoras
Blogpost da vencedora do ano passado, Susana Sargento

Política da UE - Igualdade  na Investigação e Inovação

Dados estatísticos sobre mulheres empreendedoras na Europa

Assista aos vídeos das anteriores vencedoras

 

 

Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda