Para usufruir de todas as funcionalidades deste site necessita de ter o Javascript activado!

Visita da Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal a Guimarães

mardi , 25 juillet 2017

Visita da Chefe da Representação da Comissão Europeia em Portugal a Guimarães

Ontem, dia 24 de julho, a Representante da Comissão Europeia em Portugal, Sofia Colares Alves, esteve em Guimarães para explicar os benefícios do investimento europeu e para conhecer uma empresa que, com o apoio dos fundos europeus, conseguiu crescer e inovar  - a Critical Materials.

A visita teve início com uma breve receção pelo presidente da Câmara Municipal de Guimarães, Domingos Bragança, às 10h30, no Largo Cónego José Maria Gomes (em frente à Câmara), lugar onde foi exposta a exposição "investEU".

O financiamento e o contributo da União Europeia têm sido decisivos para que muitas empresas criem e mantenham empregos, ultrapassem desafios, cresçam, inovem e modernizem os seus modelos de negócio. Trata-se de uma aposta no crescimento económico do País, já concretizado em numerosos casos.

A Critical Materials é um deles. Com sede no AvePark, nas Taipas (Guimarães), esta empresa resulta da transferência de conhecimento tecnológico a partir da Universidade do Minho. É composta por uma equipa de 25 investigadores e engenheiros que desenvolvem soluções para diferentes setores: aeronáutica, aeroespacial, energia e infraestruturas.

O Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE) permitiu consolidar a empresa e estimular o seu crescimento ao nível do software/hardware e de novos mercados. O principal produto da empresa é o PRODDIA, uma ferramenta de gestão que avalia a condição material e a integridade estrutural de componentes críticos em aeronaves, turbinas eólicas e outras infraestruturas complexas.

O Plano de Investimento é apenas uma das várias iniciativas para concretizar a prioridade número um da Comissão Europeia: investimento para mais crescimento, emprego e inovação.

Plano Juncker mobiliza agora mais de 225 mil milhões de euros em investimentos em todos os 28 Estados-Membros

Na sequência da reunião da semana passada do Conselho de Administração do Banco Europeu de Investimento (BEI), prevê-se que o Plano Juncker mobilize agora mais de 225 mil milhões de euros em investimentos. Isto acontece pouco mais de dois anos após a Comissão Juncker ter lançado o Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), que está no cerne do Plano, e representa mais de dois terços do objetivo de 315 mil milhões de euros de investimentos totais mobilizados inicialmente previsto. As operações aprovadas ao abrigo do FEIE representam um volume de financiamento total de 43 mil milhões de euros e estão localizadas em todos os 28 Estados-Membros.


Descubra mais em #investEU


Sétima - Tecnologias da Informação e Comunicação Lda